Image Map

Welcome ( Atualizado em 10.01.2017) [FIXO]

em quinta-feira, 1 de outubro de 2020 | Um comentário:



Hello, babes
Aqui quem vos fala é a HeJuice e eu vim para dominar sua mente!
kkk mentira kk nada disso.

Bom, em 2017 vamos mudar um pouco o blog, antes do W!F era só para visualização e usávamos ele para aguçar a imaginação dos nossos leitores, mostrando personagens e tals, mas AGORA TUDO MUDOU.. ou nem tudo.
Ok1 Vamos direto ao ponto, o W!F será a extensão do Incredible Design!
COMO ASSIM?
É isso aí, como tenho projetos como os shippers e tals, resolvi agitar esse blog. e não é só isso, agora vamos convidar autores para fazer parte do blog, contar sobre suas criaçoes e dar dicas de escrita e tals. é isso mesmo. vai ter isso.
VOCÊ QUE É ESCRITOR E DESEJA PARTICIPAR MOSTRANDO  SUAS HISTÓRIAS E IDEIAS  PREENCHA A FICHA DE INSCRIÇÃO. Aqui

Bom, alem disso faremos indicações da fanfics e tudo mais.

APROVEITE!   
 
Leia Mais ►

Dica de escrita: Colocação pronominal

em domingo, 27 de janeiro de 2019 | Nenhum comentário:

Estou fazendo esse post pois sei o quanto pode ser difícil entender sobre esse assunto e sempre fica algum ponto solto martelando em sua cabeça.
É fundamental enfatizar que a colocação adequada dos pronomes harmoniza o texto, evitando ambiguidades. Vou falar um exemplo clássico que as pessoas amam usar mesmo sabendo do erro: “Eu não vi ela por aqui”, a pronúncia não sai tão legal, não é mesmo? Creio que todos saibam que viela é a denominação de uma rua estreita, gerando então a cacofonia, por esse motivo o correto é: “Eu não a vi por aqui”



Próclise (pronome posicionado antes do verbo):

Vou tentar explicar da forma mais clara possível, para que não reste mais nenhuma dúvida. O pronome átono é colocado antes do verbo quando precedido das seguintes situações:

1) Palavra negativa: “Não se deve comer de boca aberta”

2) Pronome relativo: “A professora quem me convidou para participar dessa palestra”
Mais exemplos: cujo, o qual, onde, que e suas variações

3) Pronome interrogativo: “Quem me enviará os e-mails?”
Mais exemplos: qual, quando, quanto, como e suas variações

4) Conjunção subordinativa: “Ele ficou contente quando o apresentei a minha família”
Mais exemplos: que, o qual, se, logo que...

5) Advérbio os expressão adverbial: “Talvez o projeto se inicie ainda hoje”

Tipos de advérbio:

Tempo: hoje, amanhã, nunca, cedo, tarde, antes,…
Lugar: aqui, ali, atrás, longe, perto, embaixo,…
Intensidade: muito, pouco, tão, bastante, menos, quanto,…
Modo: bem, mal, rapidamente, devagar, calmamente, pior,… 
Afirmação: sim, certamente, certo, decididamente,…
Negação: não, nunca, jamais, nem, tampouco,…
Dúvida: talvez, possivelmente, provavelmente, porventura,…
Exclusão: salvo, senão, somente, só, unicamente, apenas,…
Inclusão: inclusivamente, também, mesmo, ainda,…
Ordem: primeiramente, ultimamente, depois,…

6) Numeral ou pronome indefinido: “Os três se revoltaram com o resultado”
“Tudo se resolve com uma boa conversa”
Mais pronomes: alguém, ninguém, a minoria, poucos...

7) Preposição “em” (prep. “em” + pronome atóno + verbo no gerúndio — terminação “ndo”):
“Em se tratando dos resultados, Naray apresentou discordâncias”

8) Palavra exclamativa ou oração que expressa desejo: “Que Deus nos proteja!”


Ênclise (pronome posicionado depois do verbo):
O pronome átono é colocado depois do verbo nas seguintes situações:

1) Sentença afirmativa: “Alunos, calem-se, por favor!”

2) Infinitivo pessoal: “Liga-me assim que possível.”

3) Gerúndio: “Respondeu a prova apressadamente, esquecendo-se de fazer algumas questões”

4) Orações coordenadas sindéticas: “Respondeu todas as questões com calma e mostrou-se confiante”


Mesóclise (o pronome é posicionado no meio do verbo):
Antigamente o pronome mesoclítico era bastante usado, mas com o passar dos anos ele caiu em desuso e muito dificilmente você verá alguém falando ou escrevendo com ele.

Futuro do presente: “Contar-lhe-ei todos os detalhes da apresentação.”


Futuro do pretérito: “ A inovação na escola ajudar-nos-ia significamente”

Foi isso amores, espero que tenham gostado dessa dica que é de muita importância na elaboração de um texto.

XoXo


Leia Mais ►

Dica de escrita: Uso correto do mesmo

em | 2 comentários:

Resolvi fazer esse post aqui porque é algo de grande recorrência no mundo das fanfics, as pessoas insistem em usar a palavra “mesmo” para substituir pronome e substantivo. Não sei o que é isso, parece que as pessoas acham isso bonito e gostam de enfeitar todo o texto tentando deixar mais “formal” e acaba fugindo das regras padrões estabelecidas na língua portuguesa. Vamos ver alguns exemplos desse uso incorreto: 


“Desliguei o motor do carro e saí do mesmo logo em seguida.”
“Todos os alunos já chegaram, pergunte aos mesmos se estão prontos para começar a prova.”


Nesses exemplos, ao invés de empregar um pronome pessoal do caso reto, utilizou o “mesmo” de forma indevida, desse modo, essa prática deve ser anulada na hora de escrever o seu texto. Agora vamos ver qual seria o correto a usar nestas frases:

“Desliguei o motor do carro e saí dele logo em seguida.”
“Todos os alunos já chegaram, pergunte a eles se estão prontos para começar a prova.”


Talvez você deva estar se perguntando como usar o mesmo da maneira certa, então veremos isso.

Empregado como advérbio: pode ser substituído por justamente, até, ainda, de fato

Foi aqui mesmo em Cancún que nos esbarramos pela primeira vez.
Foi justamente aqui em Cancún que nos esbarramos pela primeira vez.

Funcionando como adjetivo/pronome ao denotar o sentido de exato, próprio, idêntico:

Elas mesmas resolveram o problema que criaram. (Elas próprias)

Desempenhando função de substantivo, cujo sentido se refere à mesma coisa:

Ela disse o mesmo a mim. (A mesma coisa)

Representando o valor de uma conjunção subordinada concessiva referente a ainda que:

Mesmo que chegasse cansada, nunca deixou de estudar. (Ainda que chegasse)

Denotando o sentido de dar na mesma, no mesmo estado, na mesma situação:

Para os alunos, apresentar o trabalho ou não dá no mesmo. (tanto faz)

XoXo


Leia Mais ►

Indicação: Histórias de casal que todo mundo deveria ver

em | Nenhum comentário:



Eu amo uns casais, aqui está a lista 

1. Drew e Rick 

Seriado: The night Shift 


Nunca teve um fnal pq a série foi cancelada(choro)


Está em inglês e tem legenda em Espanhol 

2. Shirlei e Felipe 

Novela: Haja Coração 



Essa história é tão amorzinho, vcs não tem noção 

3. Magnus e Alec 

Seriado: The Shadowhunters 




Não creio que foi cancelada até hj, malec era tudo nessa série 

4. Levi e Nico 

Seriado: Grey´s Anatomy 



O que falar desse casal que só tem uma temporada e estou claramente viciada?

5. Amy e Jake 

Seriado: B99 



Tem na netflix o seriado 

6.Connor e Oliver 












Leia Mais ►

Indicações de álbus 2018( Parte 2)

em | Nenhum comentário:


1. BTS -  Love yourself answer



Falo que não aguento mais BTS, mas estou lá ouvindo. 

2. Priscilla Ancantara  - Gente 



Me refez e tanto faz  e Inteiro são as melhores músicas 

3. A star is born 



Melhor trilha sonora de 2018. Bradley hinooooo 

Bem triste que eu não ouvi mais nada HAHAHAHAHA triste 








Leia Mais ►

Indicação: Álbuns de 2018( Parte 1)

em | Nenhum comentário:


Eu geralmente escuto pop, então já sabem. Todos os links são para o Spotify, mas com certeza no youtube deve ter. 

1. Camila Cabello - Camila 



2. Mike Shinoda - Post Traumatic 



Eu amo um álbum, meu deus 

3. Eminem - Kamikaze 



E o povo que ficou esperando 4 anos para esse álbum e o Eminem fez kamikaze em seis meses depois de revival. 


4. EXO - Don´t mess with my tempo 




Reis fazem assim 

5 - Luan Santana - Live Móvel 



A é a  melhor música, falo com tranquilidade 




















Leia Mais ►

Dicas:Como escrever um personagem com problemas mentais

em | Nenhum comentário:

Olha eu não vou fazer algo muito longo não porque sei que ninguém tem muito saco para ficar lendo se não for do interesse da pessoa. Então são simplesmente TRÊS PASSOS que deveriam seguir. 

1. PESQUISA 


Vamos sentar com a titia GV aqui. 

Olha, se você sofre do problema que vai escrever, pode pular essa etapa pois mais do que ninguém sabe como é a sensação e não vai ter nenhum problema de passar isso para o papel, sendo a parte boa( se tiver alguma) ou como o personagem se sente em um surto ou qualquer coisa relacionada aos seus sentimentos. 

Eu sei como é chato fazer uma pesquisa de alguma coisa que não de importância ou que não ache interessante de se fazer, acredite mas se quiser escrever a verdade e não romantizar qualquer transtorno essa é a única saída para escrever algo concreto. 

Iria começar com a coisa mais facíl que pode encontrar, colocar o transtorno no Google e começar a ler sobre isso. Quando tiver uma boa base, pode passar para o patamar mais "verdadeiro" procurar vídeos no Youtube com pessoas que sofrem sobre isso. 

Depois disso, dependendo do filme ou do seriado também acho bacana ver mais uma vez como as pessoas se comportam. 

Gosto também de usar algumas Fanfics como base, mas cuidado que muitas delas romantizam e se for assim, nem fale a pena e o trabalho. 

Aqui eu vou colocar algumas referências para alguns transtornos mais famosos. 


1. Depressão 



Se está se perguntando, não, Os treze porquês são são uma referencia. 


2.Bipolaridade 



3. Ansiedade 


2. ESTRUTURAR O PERSONAGEM E A HISTÓRIA 

OK, já sabe como o transtorno acontece e o que a pessoa deveria sentir, certo? Então agora é a vez de pensar no como a personagem responde a essa doença. As pessoas sabem sobre isso? Ou somente ele/a? A história foca nos momentos bons ou os ruins? 

Eu gosto muito de traçar capítulo de capítulo e fazer uma base, as coisa mais importantes que vai acontecer em casa um e por isso aconselho muito já pensar em que ponto da história o personagem vai ter o seu transtorno e seus surtos. Porque mais uma vez, não vamos romantizar isso, pelo amor de Deus, se ele não tomar remédios, ou até se tomar pode não fazer efeito então sim, ele vai ter os seus surtos. 

Isso precisa ser bem pensado e como vai afetar como um todo. 

3. PELO AMOR DE DEUS NÃO ROMANTIZAR 


Já está tudo muito bonitinho e estruturado, não vamos fuder a fic toda, por favor.

A coisa mais importante que precisam ter na cabeça:somente porque uma pessoa com transtorno mental está amando alguém e seu namorado/a a apoia isso não faz com que magicamente não sofra mais surtos. 

Como pesquisado as vezes isso fica com o personagem até o final da vida, cara. Não é como se do nada não vai precisar de seus remédios porque está em um dia bom, os surtos voltam, não é algo que as pessoas consigam controlar. Por exemplo, nossa vou passear no parque hoje e não vou ter nenhum surto, gente isso não existe. Existem milhões de situações que podem ser um gatilho para qualquer um, os autores não podem simplesmente jogar isso no lixo e seguir a porra da história. 

Quando eu leio alguma coisa com o transtorno que eu sinto e passam como se fosse a parte mais bonita, como se a pessoa não quisesse cometer o suicídio, ou como se não estivesse dúvidas porque está passando por toda aquela merda, sério eu me sinto ofendida. Não é assim na vida real, se a pessoa não tem a doença, pelo menos tenha a decência de escrever algo verdadeiro. 

ultimamente o que estão falando muito é a série 13 Reasons que super achei importante para falar sobre assuntos sérios como depressão, estupro e vários outros. Mas em compensação a Hannah colocou a culpa em 13 outras pessoas. Você não coloca a culpa em outra pessoa por querer se matar. Se sente isso, por favor está errado. 

Claro que no caso dela teve várias coisas que a fizeram ter essa vontade, mas acima de tudo ela nunca pediu ajuda de um pscicólogo, ela nunca tentou o suficiente, então claro que é mais facíl culpar outra pessoa que não o seu cérebro fodido ou o fato que não tentou tomar remédios ou fez qualquer coisa para tentar melhorar. 

Eu somente queria falar que por favor, vamos deixar as partes mais feias na escrita, não é tudo perfeito não. A pessoa está quebrada, mostre a verdade, mostre o desespero, mostre a dor, mostre tudo sem vergonha. 

Mas cuidado porque as vezes a carga emocional é muito grande, então pare alguns minutos para deixar as emoções ruins de lado. 

Eu gostei muito de escrever isso, quem sabe eu não volte mais tarde com mais dicas? 








Leia Mais ►